Água sem Gás VS Água com Gás

Share on facebook
Partilhe

Na Saúde e no Desporto

Entre os desportistas existem muitas dúvidas associadas ao consumo de água. Uma delas é se a água com gás hidrata tanto como a água sem gás.

Para os atletas, é importante saber quais são as caraterísticas das diferentes águas e a sua influência no estado de hidratação durante o exercício ou na reposição dos fluidos perdidos durante o treino.
Existia a ideia de que, ao preferirem água com gás, os atletas estariam melhor hidratados, graças ao aumento de volume do estômago provocado pela libertação do gás carbónico. Isto ajudaria a empurrar a água mais rapidamente para o intestino delgado, onde seria absorvida, elevando a taxa de hidratação.
Chegou-se à conclusão que a água com gás era tão hidratante como a água sem gás, corroborando estudos mais antigos que também não encontraram diferenças significativas nos níveis de hidratação entre água normal e gaseificada.
Porém, a carbonatação pode afetar a quantidade de água que é realmente ingerida. Em geral, algumas pessoas consideram que a água com gás é mais apelativa, o que as ajuda a beber mais, facilitando a hidratação durante o exercício/treino e ao longo de todo o dia, o que é benéfico e inteligente. Outras, sentem-se cheias e inchadas com o gás e podem beber menos água, o que poderá não ser benéfico.
No fundo, beber água com gás ou sem gás é uma opção individual, o importante é beber água na quantidade necessária.

Água mineral sempre, seja com gás ou sem gás

Não é o tipo de água que afeta a hidratação corporal mas a sua composição mineral. Saber se a água que bebe potencia a absorção, a retenção e a manutenção de fluidos a longo prazo é um verdadeiro benefício clínico e prático, uma vez que manter-se hidratado tem um impacto elevado no rendimento desportivo. As bebidas com um teor mineral mais elevado tendem a ser mais hidratantes, principalmente quando contêm uma boa concentração de sódio, que é um eletrólito que se perde através da transpiração e que acelera a hidratação e a produção de energia, afetando o desempenho desportivo. A maioria das águas sem gás contêm quantidades mais baixas de minerais comparativamente com as águas gaseificadas, sendo por isso menos hidratantes. No entanto, se tiverem a mesma mineralização, em teoria são igualmente hidratantes. Mesmo que não seja um atleta, para se manter hidratado deve optar por água com uma boa mineralização, com ou sem gás, consoante a versão que lhe permite a ingestão de maior quantidade com prazer. Encontrar o padrão de hidratação que funcione para cada atleta pode também depender da intensidade e do volume de cada um dos treinos. O consumo de água é um fator que deverá ser analisado e planeado para que cada atleta tenha um desempenho mais eficaz. Em conclusão, beber água com ou sem gás é uma escolha pessoal. O importante é a concentração e equilíbrio da mineralização da água de forma a garantir um bom índice de hidratação. Informe-se sobre a mineralização da sua água utilizando o comparador existente no site da Água do Vimeiro.
Share on facebook
Partilhe

Artigos Relacionados