3 regras de hidratação para atletas profissionais

Share on facebook
Partilhe

Um atleta profissional tem de dar especial atenção à sua hidratação. Se faz parte desta “equipa”, saiba como beber água na quantidade certa ajuda a um melhor desempenho e a evitar problemas de saúde. Se não fizer, convidamos a ler na mesma.

A água é um dos elementos fundamentais no corpo humano, principalmente para quem perde regularmente líquidos devido a práticas desportivas que envolvem um treino físico constante e intenso.

Por isso, é fundamental que os atletas criem hábitos conscientes de hidratação para evitar comprometer quer o desempenho desportivo quer a sua integridade física.

3 regras básicas para se manter hidratado:

1. Ingerir líquidos com regularidade.

Sentir sede é um sinal de desidratação. Se sente a boca seca, isso significa que o processo de desidratação já está em andamento.

Outros sinais de uma hidratação insuficiente são cãibras, tonturas, náuseas, dores de cabeça, confusão, fraqueza, cansaço excessivo, queda da pressão arterial e aumento da frequência cardíaca.

Para evitar qualquer um destes sintomas deverá ingerir líquidos de forma regular, antes, durante e após o treino ou competição.

2. Estar atento aos sinais de desidratação

Uma forma simples de saber se está a ingerir líquidos suficientes é pela observação da cor da urina.

Se a cor da urina é cor de polpa de maçã, significa que o atleta está a consumir líquidos na quantidade necessária. Se, por outro lado, tiver uma cor mais escura ou um odor forte, significa que não está a ocorrer uma hidratação adequada. É altura de repor a hidratação e, se a situação se prolongar, o melhor será falar com o seu treinador e com um nutricionista desportivo.

Tente minimizar as perdas de líquidos. Se apresentar uma taxa elevada de suor e não conseguir substituir todas as perdas de líquidos durante o exercício, deve garantir a sua reposição após a prática.

3.Definir um plano de hidratação

Um plano estruturado e personalizado pode minimizar a perda acentuada de água no corpo e ajudar a manter um estado normal de hidratação. Este plano deve ser definido com o treinador, que sabe a carga física que será aplicada, e o nutricionista, que a saberá compensar, de modo a aumentar o bem-estar e segurança durante a prática desportiva.

Neste mesmo plano deve ser considerada a modalidade desportiva que se pratica, as características fisiológicas do atleta e outros fatores externos, como o uso de várias camadas de roupa ou uso de roupa impermeável, que comprometem a taxa de sudação, com influência no processo de desidratação.

Antes, durante e depois

Durante os treinos físicos a hidratação deverá ser a apropriada, a fim de evitar o risco de aumento dos níveis de desidratação que vão comprometer o rendimento desportivo. Um atleta profissional pode chegar a necessitar de beber 5 litros de água por dia. Durante a prática desportiva, é recomendado que as bebidas sejam disponibilizadas a uma temperatura entre 10 a 21º C. Enquanto atleta, o hábito de ingerir água mineral todos os dias, durante e após o treino ou competição, beneficia o seu desempenho e recuperação física. A Água do Vimeiro é recomendada para atletas por possuir um elevado valor hidratante, com sais minerais como cálcio, bicarbonato e magnésio, e rica em oligoelementos e eletrólitos. Para além de manter os atletas hidratados, a Água do Vimeiro ajuda à reposição desses sais minerais no organismo, essenciais à recuperação muscular. E, se não for um atleta, tenha também em conta estas recomendações. A competição é um estado de espírito. Seja competitivo, chegue em primeiro. Com Água do Vimeiro, claro!
Share on facebook
Partilhe

Artigos Relacionados